Entrei no short

10.03.17 • Corrida, Desafio, Dieta 2 comentários

Já tem algum tempinho que venho em uma luta forte, cheia de altos e baixos com a balança. E, do mesmo jeito minha vida e meu emocional.  Acredito que quando não estamos bem é muito mais difícil correr atras dos objetivos e manter uma disciplina. Insegurança gera ansiedade e tristeza e desse jeito quase nada vai pra frente, não e mesmo?

Desenrolar, se definir, sair desse limbo não é fácil e nem sempre depende só da gente, mas a partir do momento que a vida toma um rumo, seja do jeito que esperávamos ou não, se encaixar em uma rotina acaba sendo algo menos sofrido.

Dei uma sumida daqui, confesso, mas o post de hoje veio para coroar minha volta e atualizar vocês que me acompanham a tanto tempo.

2017 pra mim virou um ano de recomeço, momento de recolocar a vida nos eixos.  Sabe aquela “vai doer, mas vai passar e você vai se reconstruir”, é mais ou menos isso aí. Coisas ruins acontecem, mas muitas coisas boas vem também e me agarrei nelas.

A gente vai se redescobrindo e isso é muito bom. Refazendo rotinas, criando novas amizades e o melhor, voltando a se sentir bem com a gente mesma. Número na balança não é o que define felicidade, mas no meu caso mostra como anda meu comprometimento com os objetivos que estabeleci. E, perder peso, (vcs sabem, né?) é um deles. O gráfico aqui em baixo já mostra muita coisa.

Esse comecinho de 2017 já me deu um resultado que a muito tempo não conseguia. Não sei quanto a vocês, mas  não acredito apenas no acaso.

Meu o ano já começou com a parceria com a #powerade na academia nova que me trouxe uma energia tão gostosa. Voltei a dançar (paixão da infância). Sou super enferrujada mas é algo que tem me feito tão bem.

Passei a ser mais presente nos treinos de corrida da minha assessoria e com isso além de estreitar o laços com os novos colegas me sinto bem mais motivada a treinar.

Continuo com minha nutri Elizabeth Moraes que me acompanha já tem um tempinho, mas com muito mais comprometimento.

Comecei também os treinos com o Samuca que vem trabalhando todas as minhas fraquezas para ajudar com um melhor desempenho na corrida.

Tudo isso pra dizer que voltei, to feliz e que hoje ainda tive aquela sensação deliciosa de entrar nesse short que a meses não servia.

Ah o e o blog também volta com tudo, tá?

2 Comentários em “Entrei no short”

  • Fabiola disse:

    Fico feliz por vc!!! Estou na luta de perder peso mas está difícil. Estou nadando duas vezes por semana e correndo três vezes mas mesmo assim ainda não consegui nada significativo. Um dia chego lá!
    Dançar é bom demais né? Como dança essa sua professora!!! Linda demais!!!
    Bom demais ter notícias suas!!!
    Bjo

  • Dalvanir disse:

    Que bom que voltou e está animada!