Como sair bem na foto de corrida

19.04.17 • How to Comente

Queria poder mesmo passar com esse post solução perfeita para sair bem nas fotos de corrida, entretanto, além de algumas dicas (no final do texto) vou explicar que nem sempre a gente saí bem e isso é completamente normal.

Sabem que esse blog começou por conta de algumas fotos bem ruins que recebi da minha segunda meia maratona, né? Realizei o sonho de correr na Disney, mas quase morri de tristeza ao me ver nas fotos (caríssimas, por sinal) que a organização enviou. Além de não ter corrido tão bem, não tive nenhuma foto que valesse a pena, mesmo com aquele parque tão lindos ao redor.

Existe sim, algumas coisas que podemos fazer para ajudar a ter uma foto melhorzinha. Quem nunca, corrigiu a postura, abriu um sorriso (mesmo que por dentro estivesse quase chorando) quando viu o fotografo da prova? Mas mesmo assim ainda recebemos registros de passadas  nem tão bonitas, ou aquela famosa foto com a perna mais parecendo uma gelatina. (sou mestre em fazer essas)

Olhem essa carrinha e esse bracinho que coisa linda (#sqn)

Escrevi esse post porque a Dorothy Beal do MilePosts (ótimo blog) fez esse post comparativo no Instagram dela em que mostra exatamente como um angulo e um momento errado podem estragar a foto. Ela é linda, forte, corre muito e mesmo assim também não consegue sair bem em todas as fotos. As duas foram tiradas no mesmo dia e na mesma corrida.

Tudo é uma questão de angulo e momento. Quem de vocês já acompanhou um ensaio ou posou para fotos correndo? A foto é repetida inúmeras e incansáveis vezes, isso em local e iluminação perfeitas, até para conseguir uma foto que sirva. E quem somos nós para conseguir isso no meio de uma corrida em que estamos quase morrendo no meio de muitos corredores?  As vezes conseguimos um só registro e acaba não sendo no nosso melhor momento.

De qualquer forma, seguem as dicas para tentarmos acertar mais: Continue lendo…

Entrei no short

10.03.17 • Corrida, Desafio, Dieta 2 Comentários

Já tem algum tempinho que venho em uma luta forte, cheia de altos e baixos com a balança. E, do mesmo jeito minha vida e meu emocional.  Acredito que quando não estamos bem é muito mais difícil correr atras dos objetivos e manter uma disciplina. Insegurança gera ansiedade e tristeza e desse jeito quase nada vai pra frente, não e mesmo?

Desenrolar, se definir, sair desse limbo não é fácil e nem sempre depende só da gente, mas a partir do momento que a vida toma um rumo, seja do jeito que esperávamos ou não, se encaixar em uma rotina acaba sendo algo menos sofrido.

Dei uma sumida daqui, confesso, mas o post de hoje veio para coroar minha volta e atualizar vocês que me acompanham a tanto tempo.

2017 pra mim virou um ano de recomeço, momento de recolocar a vida nos eixos.  Sabe aquela “vai doer, mas vai passar e você vai se reconstruir”, é mais ou menos isso aí. Coisas ruins acontecem, mas muitas coisas boas vem também e me agarrei nelas.

A gente vai se redescobrindo e isso é muito bom. Refazendo rotinas, criando novas amizades e o melhor, voltando a se sentir bem com a gente mesma. Número na balança não é o que define felicidade, mas no meu caso mostra como anda meu comprometimento com os objetivos que estabeleci. E, perder peso, (vcs sabem, né?) é um deles. O gráfico aqui em baixo já mostra muita coisa. Continue lendo…

Como mudar definitivamente a rotina nesse novo ano

23.01.17 • Manifesto Inspire Comente

Sou do tipo de pessoa que precisa daquele tempo de reflexão no fim e no início de cada ciclo para analisar o que foi feito e planejar o que está por vir. E, a vida é feita de ciclos, não é mesmo? Alguns com pequenas mudanças, adaptações, outros com reviravoltas completas. Às vezes por desejos e vontade, ou talvez por motivos e questões que não podemos controlar. Tudo que precisamos é nos adaptar a rotina que chega junto com esse novo.

Não é necessário que o ano vire para mudarmos, basta querer ou fazer acontecer, mas esse clima de recomeço ajuda muito. Somos contaminados por esse sentimento de reinício e renovação. Muitas metas, resoluções E meu post de hoje é sobre isso. Como começar e manter uma rotina para fazer esse ano o seu melhor na vida ativa.

1. Programe-se Planejamento resolve muita coisa. A rotina é importante, por isso é preciso encaixar dentro do seu dia a dia momentos para cuidar de você. Ou acorde mais cedo, durma mais tarde, ou assista menos televisão. Prioridades né? Se quer mesmo tem de encontrar um tempo para correr atrás disso. Um tempo reservado só para isso mesmo, como um compromisso na sua agenda. Esse ano além de perder alguns quilinhos, melhorar a velocidade na corrida (isso vocês já sabem) também estou comprometida a cuidar mais da minha pele e cabelos. Para isso tenho de reservar 15 minutinhos a mais toda manhã e toda noite e mais uns 5 durante o banho. Separo 30 minutos, 2 dias da semana para preparar a carne e a salada da semana. Mais 10 minutinhos todo dia antes de sair para preparar a lancheira com as comidinhas para o dia. Fora é claro dos horários de treino.

2. Tenha metas mensurareis O tempo voaaaaa e quando a meta fica apenas idealizada fica muito difícil medir a evolução e avaliar os resultados do esforço. Minha primeira meta do ano foi: Vou cumprir sem falhas a planilha de corrida nesse primeiro mês. Simples, não? Uma outra é perder 3 quilos até Março. Atém disso, são objetivos que sei que se me comprometer eu vou conseguir alcançar. Nada mirabolante ou exagerado demais.

3. Busque parceiros Nada mais motivador do que está junto de uma pessoa que tenha objetivos parecidos com o seu. Chame as amigas, faça novas amizades, companhia para os treinos. Não conseguiu ainda? busque incentivo nas redes sociais, tanta gente motivada nessa internet que tanto amamos, não é mesmo? Se incentive com pessoas reais parecidas com você. Tudo o que fizer bem vale. Saber que tem alguém comprometido com você é muito bom. Uma dá aquela forcinha para a outra quando bater o desespero. A Drica do Correndo na Viagem junto com a Ma do Viajar para correr, criaram o #diariodeumamusaquasefitness e eu entrei no barco com elas. Eu aqui em BH e elas lá em SP. A gente puxa uma a outra  e é super divertido.

4. Tenha um motivo Saiba o por que está fazendo isso e faça por você e porque você quer. Sempre que pensar em desistir vai ser esse motivo que vai te manter firme.

5. Divirta-se De nada vai servir essa nova rotina se ela não for prazerosa de alguma maneira. Claro, nem sempre dá pra acordar super feliz as 5:00 da manhã, mas dá pra ser feliz com o motivo que te fez acordar tão cedo. Busque uma atividade que te agrade, te traga alegria. Não precisa correr por que está na moda mas você odeia. Que tal experimentar outras modalidades? Dança, spinning, luta, natação, funcional, Pilates, Yoga. O negócio é não ficar parada.

Durante essa semana que já é a ultima do mês de Janeiro, fim de férias vou postar outras dicas para esse recomeço. Não deixe de acompanhar.

COMO FOI – MEDIO MARATÓN RIVIERA NAYARIT PARTE 3 DE 3

08.01.17 • Corrida, Viagem 1 Comentário

Passamos o domingo todo descansando da prova de sábado e nos preparando para semana que começaria agitada.

Na segunda, fizemos check out do Paradise Village de Nuevo Vallarta (nesse post mostro o mapa da região) e seguimos para Punta Mita.

Em Punta Mita, além de conhecer o Hotel Four Seasons, tive minha primeira aula de golfe.

Punta Mita tem dois campos de golfe, um na bahia e outro no Pacífico. Fomos no que ficava no Pacífico e tinha até um buraco que ficava numa ilha no oceano. Sensacional e inesquecível como quase tudo nessa viagem. Continue lendo…

COMO FOI – MEDIO MARATÓN RIVIERA NAYARIT PARTE 2 DE 3

30.12.16 • Corrida, Viagem Comente

A corrida aconteceu no sábado e o dia anterior teve trotinho pré prova, manhã de spa e massagem e retirada do Kit.

Ficamos muito mal acostumados, não é não? A empolgação foi tanta que mal dormi.

Como esperado, um dia quente e úmido. Então foi seguir conservadora sem forçar nada, afinal o que mais queria era aproveitar o percurso e não sofrer.

E eu aproveitei. Nós aproveitamos.

Prova super organizada e muito bem pensada. Além da meia maratona, (21km) ainda teve a opção da distância de 10km. Como estava muito quente ofereciam hidratação a cada km a partir dos 10km finais. Continue lendo…

Como Foi – MEDIO MARATÓN RIVIERA NAYARIT Parte 1 de 3

26.12.16 • Como Foi, Viagem 1 Comentário

O prazer em correr só foi aumentando com o tempo e também a vontade de correr provas diferentes. Não sei exatamente quando isso começou, talvez do sonho de poder conhecer o mundo correndo e explorar o desconhecido.

Provas assim fazem meus olhinhos brilharem.

Nesse ano a prova que me marcou nesse sentido foi 21k Riviera Nayarit. Foi minha primeira vez correndo e visitando o México em um lugar paradisíaco.

Essa não foi só mais uma corrida, além de ter sido minha 9a meia foi também uma experiência incrível. Como eu já contei aqui, tudo aconteceu a convite da Camila que preparou algo muito bacaba que chamamos de MissFitExperience e aconteceu com a organização da MovementMe e dos parceiros Multiplus, Fila, TomTom, The Beauty Box, Naiak e Assist Card.

Antes de mostrar uma pouquinho mais de como foi essa experiência vou contar uma historinha: Continue lendo…

Eu Testei – Gel Kayano 23 Black Series

29.11.16 • Eu Testei Comente

Em setembro desse ano a ASICS uniu-se à Netshoes para o lançarem uma linha limitada Black Series. É uma releitura dos ícones da marca em tons escuros nas versões mais atualizadas dos calçados.

Conta com os modelos GEL-Nimbus 18, GT-2000 4, GEL-Kayano 23 e o GEL-Quantum 360 CM.

Eu recebi o GEL-Kayano 23 para testar e hoje conto aqui as minhas impressões.

Como sempre, nunca custa repetir, não é mesmo?  O que é bom para mim, necessariamente não é bom para todas as pessoas, mas a intenção é aqui é mostrar meu ponto de vista para que a partir dele vocês possam fazer suas escolhas, ok?

Primeiras Impressões

img_6463

Hoje com a invasão de tênis coloridos nas pistas a primeira coisa quando se imagina de um tênis totalmente preto é que seria algo sem graça e quase que ultrapassado. Entretanto, a primeira coisa que me chamou a atenção nele foi o quanto é bonito. Além disso percebi que pela sua estrutura e peso que continua fiel ao conceito Kayano das versões anteriores e sem calçar já é possível perceber um tênis estável e resistente.

Ao Correr

Apesar de ser um dos modelos mais pesados, consegue proporcionar uma sensação de suavidade e leveza na corrida.

DCIM111GOPRO

Continue lendo…

DESAFIO 2016 RESULTADO SEMANA 9

03.11.16 • Desafio 1 Comentário

Semana 9 e não vou escrever muito. Já falo demais no vídeo. ☺️ Sendo feliz com meus treinos, com meu corpo e também com a balança.

início do desafio peso: 73,5kg
semana 1 peso: 72,2kg
semana 2 peso: 72,2kg
deixei de pesar…
semana 6 peso: 73,5kg
semana 7 peso: 72,0kg
semana 8 peso: 72,5kg
semana 9 peso: 71,5kg

Enfim, 9 semanas e 2 quilos perdidos, muito menos do que desejava, mas é resultado e sendo uma evolução mesmo que pequena eu já fico satisfeita. Continue lendo…

A próxima meia – Medio Maratón Riviera Nayarit

01.11.16 • Corrida Comente

Contei para vocês sobre a expectativa da próxima meia e prometi voltar para contar mais sobre ela. Eu mesma ainda não sei muito, mas conto o que sei.

Medio Maratón Riviera Nayarit é minha 9a meia, 3a desse ano. Queria muito completar a 10a meia em 2016 mas não consegui. Na verdade até pouco tempo pensava que ia fechar o 2016 sem a 9a também. Até que fui convidada pela Camila junto com uma turminha bem legal para participar da corrida 21k Riviera Nayarit e de várias outras atividades em Nuevo Vallarta que fica no litoral pacifico do México.

Camila gosta de surpresas e não contou muito do que ela está preparando nessa experiência. Certo é que vamos correr. Alguns farão os 10km da prova e outros os 21km. Eu vou para mais um 21km e, claro, estou animadíssima. A prova acontece no dia 19 de novembro, mas nossa viagem já começa dia 14. Será pouco mais de uma semana de muita coisa legal que todos poderão acompanhar pela #MissFitExperience no Instagram.

A prova é bem diferente e fora do mainstream do jeitinho que gosto e não poderia vir em melhor momento. Treinar para ela  está me trazendo aquela motivação que faltava para os treinos de corrida. Acredito desde os treinos para a maratona não me via tão empolgada para uma prova.

Está em sua 8a edição “8º Meia Maratona Turística Riviera Nayarit e 10K 2016” e será realizada nas principais avenidas dos destinos turísticos de Nuevo Vallarta, Flamingos e do campo de golfe El Tigre, situados na Riviera Nayarit, México.

ruta-21k

Só pelo mapa do percurso já consigo imaginar o quanto deve ser lindo. Não tenho muitas pretensões quanto ao tempo, ainda não voltei a forma atinga,  mas me desafiei a tentar bater o meu melhor tempo do ano, que fiz na meia do Rio em Maio.

Multiplus, TomTom, Fila e The Beauty Box são os nossos parceiros nessa viagem.

Mais sobre a prova aqui.Mais sobre Riviera Nayarit aqui.

DESAFIO 2016 RESULTADO SEMANA 8

27.10.16 • Desafio 2 Comentários

Não existe mistério, não adianta seguir quase tudo certinho. Tem de ter disciplina sempre. Pelo menos é só assim que funciona pra mim. E eu vou aprendendo com os erros, né? Minha nutri (@lilismoraes) fala que quando se trata de alimentação é preciso colocar uma rotina saudável no corpo e não adianta ficar abrindo exceçõeszinhas e esperar resultado não. Pois é…

Vamos seguindo então né? Com saldo positivo não dá nem vontade de escrever os números aqui. Afffff.

início do desafio peso: 73,5kg
semana 1 peso: 72,2kg
semana 2 peso: 72,2kg
deixei de pesar…
semana 6 peso: 73,5kg
semana 7 peso: 72,0kg
semana 8 peso: 72,5kg

Saindo do assunto peso, a receitinha que fiz, foi de salgado de frango com batata doce. Não tem mistério, ela precisar ser aprimorada, na verdade. Quero tentar uma massa mais consistente. Da próxima vez vou separar um pouquinho do frango desfiado e misturar com a batata doce, acrescentar ovo e talvez até goma de tapioca.  Testarei em breve e conto pra vocês se ficar bom.

Desfiei o frango, temperei e separei. Para temperar usei pimenta, alho, cebola, tomate e sal rosa. Cozinhei a batata doce e amassei. Fiz uma bolinha com a massa e recheei com frango. Passei um pouco de gema e enrolei com farinha de mandioca temperada. Assei por 35min no fogo alto. Ficou muito bom, só faltou aquela consistência na massa mesmo.

Quanto à meia, contei que estou treinando para uma prova no mês que vem, né?  Estou super empolgada com ela, vai ser demais. Essa prova foi o gás que faltava para voltar a me animar e motivar com os treinos de corrida, mas isso é assunto para um outro post bem especial que escrevo ainda essa semana. ?